Skip to main content

Estilos de vida que conduzem ao mau hálito

Quando uma rotina regular de escovagem, uso do fio dental e de um elixir oral não é suficiente para combater o mau hálito, poderia revelar-se oportuno colocar a si mesmo/a algumas perguntas difíceis em relação ao seu estilo de vida e aos seus hábitos.

Como é a sua alimentação?

Os alimentos açucarados são um problema evidente e devem ser reconhecidos como tal. As bactérias naturais da boca gostam, sem dúvida, de transformar as guloseimas em odores medonhos. Os alimentos ácidos podem enfraquecer o esmalte, o que faz com que a boca se torne suscetível tanto às infeções como ao mau hálito. Os alimentos com elevado teor de gorduras e de proteínas nem sempre são de fácil digestão, este é um facto que se evidencia através dos gases sulfurosos que têm tendência a libertar-se quando não são metabolizados. Deve também pensar duas  quando dimuiu a quantidade de hidratos de carbono. Sem eles o organismo começa a desintegrar outras gorduras e proteínas para obter energia, o que produz um hálito com cheiro, que não é fresco. A sua melhor opção: ter uma alimentação equilibrada e saudável que contenha quantidades adequadas de frutas e vegetais, como ananás, quivi e vegetais de folha verde.

Está stressado/a?

Acredite ou não, a ansiedade pode fazer algo mais do que provocar sudação das palmas das mãos e fortes batimentos cardíacos. Todos esses ataques de pânico também podem secar-lhe a boca e fazer com que o cheiro que sai desta seja algo com o que se preocupar. O jejum também pode afetar a digestão ao privar o estômago de enzimas. Sem estas, qualquer alimento não digerido que não esteja desintegrado liberta odores que saem pela boca.

Com que frequência bebe álcool?

Quando mais vezes eleva o copo, mais elevará as suas probabilidades de ter mau hálito. Isso deve-se ao facto de o álcool não só causar secura da boca, mas também poder permitir que as bactérias persistam até 10 horas após ter terminado de beber.

É amante do café?

É possível que o café seja o sabor de que gosta pela manhã, mas a cafeína do café reduz a produção de saliva da boca. Uma menor quantidade de saliva significa um aumento das bactérias que causam o mau hálito. Também significa que as partículas dos alimentos que possam persistir desde a última refeição comecem a desintegrar-se no interior da boca.

Como combater o mau hálito

LISTERINE® Mentol

LISTERINE® Mentol Sabor Suave

O que é a halitose?

Problemas de saúde comuns que causam o mau hálito

Como a secura da boca conduz ao mau hálito

Os principais 5 alimentos que provocam mau hálito