O que são as cáries?

Sabe o que são cáries? Quer saber como evitar as cáries? Descubra tudo o que deve saber acerca das cáries e do modo de fortalecer os dentes e o esmalte dentário através das recomendações da Listerine®.

Aqui, encontrará toda a informação de que necessita para adotar hábitos que o ajudem a manter os dentes saudáveis. Não perca nenhum dos nossos artigos para o cuidado dos seus dentes!

Sintomas das cáries

Uma cárie é uma parte deteriorada do dente e pode manifestar-se de várias formas, consoante a gravidade e a parte da boca em que se encontra. Normalmente, os sintomas não são visíveis até ocorrer um aumento da superfície deteriorada. Caso se manifestem, os sintomas podem ser os seguintes:

N.º 1: Sensibilidade dentária

Esta dor pode ser ligeira ou mais intensa, e apresenta-se ao ingerir alimentos ou bebidas excecionalmente quentes ou frios. Também os alimentos e líquidos com teor elevado de açúcar podem provocar esta sensação de dor.

N.º 2: Buracos nos dentes

Se tiver uma cárie, talvez consiga ver um buraco na zona deteriorada do dente.

N.º 3: Dores de dentes

Esta dor pode ser ligeira ou forte e pode ser particularmente notável ao morder.

N.º 4: Manchas

As manchas escuras nos dentes, com um aspeto acastanhado ou preto, podem ser outro sinal de que tem uma cárie.

N.º 5: Raios X

Muitas vezes não há sinais de alerta vermelho evidentes de que tenha uma cárie, como dor ou buracos, sendo o problema detetado mediante um raio X durante uma consulta ao dentista. Esta é mais uma razão para realizar check-ups dentários a cada 6 meses.

COMO PREVENIR AS CÁRIES DENTÁRIAS?

Quando o ácido ataca constantemente os dentes, a camada externa dura do dente, o esmalte, continua a perder minerais. Poderá aparecer uma mancha branca num dente, sinal de cárie dentária incipiente, sendo que o dano nesta fase pode reverter-se e o esmalte reparar-se por si só. No entanto, se o processo de deterioração dos dentes não se reverter, o esmalte irá continuar a enfraquecer à medida que perde mais minerais e forma-se uma cárie (que é um dano permanente) que o dentista terá de reparar.

Pode evitar as cáries. Os minerais que a saliva contém, como cálcio e fosfato, juntamente com o flúor de proteção que podemos encontrar na pasta dentífrica, num elixir com flúor ou, nalguns casos, na água potável fluoretada, podem remineralizar e protegê-los contra o dano do ácido. Além disso, o seu dentista pode aplicar um gel com flúor nos dentes. O mineral flúor evita que as cáries dentárias piorem, substitui os minerais perdidos e inibe a capacidade das bactérias de converter o açúcar e o amido em ácido.

A boa notícia é que as cáries (os buracos que se podem formar quando a deterioração rompe o esmalte após um período de tempo) podem ser evitadas. Se sentir uma dor fraca ou pontadas nos seus dentes, descubra o que pode fazer para prevenir as cáries dentárias e evitar que o dentista lhe dê más notícias

Siga estes conselhos para evitar as cáries, bem como as dispendiosas e desconfortáveis reparações dentárias que exigem.

Conselhos para prevenir as cáries

CONSELHO N.º 1: Consulte o seu dentista

Não seja um estranho no consultório dentário se quiser evitar as cáries. Efetuar limpezas de rotina a cada seis meses, no mínimo, pode ajudar a prevenir a deterioração de forma precoce antes de evoluir para cárie e, se necessário, o seu dentista pode aplicar flúor em qualquer ponto sensível para prevenir deterioração e cáries dentárias.

CONSELHO N.º 2: Escove os dentes com flúor

Escolha um dentífrico com flúor uma vez que este é conhecido por proteger os dentes contra a deterioração e as cáries dentárias.

CONSELHO N.º 3: Use um elixir com flúor

Pode também encontrar elixires, como o elixir LISTERINE® TOTAL CARE ou o elixir LISTERINE SMART RINSE®, que contêm flúor que protege os dentes para manter os seus dentes fortes e combater as cáries.

CONSELHO N.º 4: Limite os «snacks»

Tente comer «snacks» apenas um número limitado de vezes por dia e, quando o fizer, procure incluir alimentos que fortalecem e são bons para os dentes. Sempre que consome alimentos e bebe líquidos que não água, isto permite às bactérias criar ácidos que desgastam o esmalte dentário. Limite a quantidade de ácido que corrói os seus dentes, restringindo os momentos em que come «snacks» para poucas vezes por dia. Se estiver preocupado com a saúde das suas gengivas, experimente escovar os dentes e bochechar com os elixires LISTERINE® fluoretados, duas vezes por dia. Quando estas ferramentas não estão disponíveis, tente pelo menos bochechar a boca com água.

O que é o flúor e porque é que ajuda a prevenir o aparecimento de cáries?

O flúor é um elemento natural que previne a deterioração dos dentes ao ingeri-lo ou aplicá-lo sobre os dentes como solução tópica. O flúor pode ajudar a reduzir a quantidade de cáries nos dentes. O ácido da placa bacteriana provoca a perda de minerais nos dentes (desmineralização), o que conduz à sua deterioração. No entanto, a formação de cáries pode ser revertida (no estágio inicial) mediante a remineralização ou o depósito de minerais nas zonas danificadas do dente. A aplicação tópica de flúor pode acelerar a recuperação dos minerais perdidos.

Quando o estômago e os intestinos recebem flúor, o organismo absorve-o para fortalecer os dentes. Encontra-se com frequência na água potável, em quantidades suficientes para reduzir as cáries, dependendo da área do país em que se encontra (e se bebe água corrente ou filtrada/engarrafada). Pode também obter pequenas quantidades de flúor ao consumir determinados alimentos, como espinafres, cenouras, espargos, a maioria dos peixes, chá e refeições preparadas em água fluoretada, ou ao usar um dentífrico com flúor e elixir com flúor LISTERINE®.