Skip to main content

4 passos para uma boca saudável

1. ESCOVAGEM

Aprenda a escovar bem os dentes. Para uma boa escovagem dos dentes, deve-se despender pelo menos dois minutos.

Para a escovagem recomenda-se que a escova forme um ângulo de 45° com as gengivas, fazendo movimentos curtos e suaves tanto sobre a superfície interna como externa de cada dente, realizando um movimento que abranja a superfície do dente e da gengiva, e remova a placa bacteriana.

Lembre-se de limpar todos os dentes e superfícies: dentro, fora, superfícies de mastigação, dentes de difícil acesso e as áreas à volta dos enchimentos, coroas e outras restaurações. Tenha especial cuidado ao longo da linha das gengivas. Concentre-se em limpar exaustivamente cada secção. Para conseguir um hálito fresco, certifique-se de que também escova a língua.

Se ocorrer hemorragia nas suas gengivas, não deixe de as escovar, com uma escovagem exaustiva pode regredir o aparecimento da gengivite. Visite o seu dentista se a hemorragia persistir.

É importante escolher uma escova adequada. Seguir a técnica de escovagem correta não tem sentido se não dispomos das ferramentas certas. Uma escova suave ou média, com cerdas sintéticas e cabeça pequena é a melhor para chegar a zonas de difícil acesso. Por outro lado, é importante substituir a escova quando começar a mostrar sinais de desgaste ou a cada 3 meses.

2. LIMPEZA INTERDENTAL COM FIOS E ESCOVAS ESPECIAIS

É difícil aceder ao espaço interproximal, que se encontra entre os dentes. Com frequência permanecem restos de alimentos nesta zona que não se conseguem eliminar com a escova. Para limpar esta zona deve utilizar uma vez por dia escovas especiais ou o fio dental.

3. USO DO ELIXIR ORAL

Há muitas superfícies da boca onde as bactérias se podem alojar: nos dentes, naturalmente, mas também na língua e nas gengivas. O uso do elixir oral depois da escovagem é importante para reduzir a sua proliferação.

Os elixires podem usar-se diariamente para manter uma boa saúde oral ou de forma temporária para problemas específicos.

Os elixires de uso diário como LISTERINE® devem ser incorporados na rotina diária de higiene oral como complemento da escovagem e do fio dental. Entre as características dos elixires de uso diário, há que destacar a importância de um bom efeito antibacteriano, capaz de eliminar a placa bacteriana, proteger as gengivas e combater as bactérias que causam a halitose. Os elixires à base de óleos essenciais são uma ótima escolha, já que demonstram ter uma boa eficácia em todos estes aspetos.

4. VISITAS AO DENTISTA

Considera que tem dentes e uma boca saudável porque escova os dentes diariamente? Isto não é desculpa para não visitar o seu dentista! O seu dentista dir-lhe-á quantas vezes deve fazer um check-up. Muitas pessoas não visitam regularmente um dentista.

A placa bacteriana que se forma na superfície dos dentes é composta por proteínas salivares, bactérias, açúcares complexos e ácidos. A escovagem dos dentes, o uso fio dental e o uso de elixir oral reduz estes depósitos. No entanto, se a higiene oral não for ótima, a placa bacteriana acaba por se formar a longo prazo, e com a acumulação dos minerais converte-se em tártaro.

Uma vez formado o tártaro, deve ser eliminado por um dentista ou higienista oral. O tártaro é um dos fatores responsáveis da gengivite e da descoloração dos dentes. Por isso, recomendamos que vá ao dentista com regularidade.