Implantes e próteses dentárias

Dossier : Seniores

A flora bacteriana é a mesma nas pessoas que usam próteses ou implantes e nas que não usam. Não é nem mais nem menos agressiva. No entanto, os implantes e as próteses apresentam numerosos espaços onde podem permanecer restos de alimentos que favorecem a formação de placa bacteriana, mau hálito e gengivas debilitadas. Portanto, é imprescindível levar a cabo limpezas minuciosas e profundas.

 

IMPLANTES DENTÁRIOS

Uma das formas de substituir um dente é através de um implante. O processo consiste em duas fases:

Fase 1: O dentista comprova que o tecido ósseo onde se colocará o implante é suficientemente forte. Depois, abrirá a gengiva e fixará uma raíz de titânio no osso maxilar ou mandíbular. É necessário esperar vários meses para assegurar que organismo não rejeita a raíz artificial.

Fase 2: Se tudo correr bem, volta a abrir-se a gengiva e aparafusa-se uma coroa na raiz.

Durante este processo, é imprescindível manter uma boa higiene oral que evite o aparecimento de infeções. 

 

PRÓTESES DENTÁRIAS

As próteses dentárias usam-se por motivos distintos:

  • Para reforçar um dente que se move.
  • Como substitução de um ou mais dentes perdidos.

Para além disso, permite que as pessoas seniores mantenham uma boa mastigação.

As próteses fixas (por exemplo, as coroas e as pontes)  são fixadas aos dentes, e cobrem-nos de forma a reforçá-los. As próteses parciais ou completas substituem os dentes em falta.

 

A HIGIENE ORAL DOS SENIORES COM PRÓTESES OU IMPLANTES

As próteses e os implantes necessitam da mesma manutenção que os dentes normais. Obviamente, numa prótese não existe o risco de cáries, mas podem desenvolver placa bacteriana e tártaro e alojar bactérias ou restos de comida que causam problemas às gengivas e aos dentes saudáveis. 

Se tem algum implante fixo deverá seguir as recomendações habituais para uma boa higiene oral. O desgaste, a menopausa e a redução do fluxo de saliva debilita os dentes, pelo que é importante prestar-lhes uma atenção especial:

  • Escove os dentes depois de cada refeição.
  • Use um elixir oral diário para limpar onde a escova não chega e reduzir a quantidade de bactérias nocivas que se encontram na boca.
  • Não se esqueça de visitar o dentista regularmente. Os exames de rotina e as limpezas profissionais são imprescindíveis para evitar os problemas orais.

Se usar uma prótese dentária, deverá seguir as recomendações habituais para uma boa saúde oral.

Escove as próteses, fora da boca, com uma escova especial. Assegure-se que limpa bem tanto a face interna como a externa, para que não permaneça nenhum resto de comida. Utilize uma escova suave para limpar as gengivas com cuidado.

Acabe a limpeza da prótese com uma solução adequada. Assegure-se de seguir as instruções.

Ainda que não tenha nenhum dente, é importante que continue a visitar o dentista periodicamente para que reveja o estado dos tecidos moles e mantenha as suas próteses em bom estado. A limpeza das próteses com vibrações ou ultrassons permite ver se apresenta alguma fenda.

Conteúdos relacionados

Nota: